terça-feira, 26 de agosto de 2008

APRENDIZ


Ah, um dia de semente é tudo o que se quer...
Terra molhada
Sol a aquecer
Tempo a trabalhar

Deveras o tempo nos ajuda
É fato
Deveras ele nos atrapalha
Quando queremos

Há tanto a se aprender
E muito a se calar...
Como uma verdadeira semente

E assim ficarei nesta sementeira
Criada em dia de lua
E noite de vento

Sou aprendiz
Neste espaço que ainda desconheço
Mas experimento
Sem pretensão

Em meio ao plural
Me singularizo
Sacudo minhas mãos
E torno a sujá-las
Graças a Deus
Que Ele me ensine, então, mais uma vez.


Obrigada, Senhor, por tudo
E abençoe a todos que por aqui passarem.

2 comentários:

Ana disse...

Olha eu aqui. Tá começando a dar frutos! Bjs

Maria Aparecida disse...

Era para o meu ter sido o primeiro, mas minha ignorância internáutica não permitiu, porém antes tarde do que nunca. Amei sua iniciativa, vá em frente, sua mente e seu coração são férteis suficientes para multiplicar sementes e dar muitos frutos.Bjs!