domingo, 28 de junho de 2009

ATÉ BREVE

Pronto. A mala está arrumada. Daqui a 4 horas pegarei a estrada. Em plena noite de São Pedro, só me resta esperar algumas fogueiras pelo caminho. Certamente, contemplarei bandeirinhas, balões enfeitando ruas, meninos com traques de massa, arrasta-pé e rojão. A lua, salvo engano, estará crescente. Colocarei os problemas para dormir e estenderei meu olhos pela janela, esperando ver todas as maravilhas que meus olhos alcançarem.

Infelizmente, o mp3 - que nunca uso - vai continuar inativo, pois acabo de descobrir que a pilha se foi. Não há mais tempo nem disposição para providenciar nada, a não ser estas poucas linhas para informar a minha ausência do Sementeiras por uns dias.

A trilha sonora, portanto, ficará por conta dos sons do caminho. Porém o barulho do ônibus e a paisagem na janela me farão recordar um tempo em que essa viagem era muito mais frequente. Quanta coisa mudou desde aquela época! Para melhor, é bom ressaltar. Hoje me conformo em ir apenas uma vez por ano ao meu pequeno pé de serra.

E vou em paz.


Magna Santos

2 comentários:

Hérlon Fernandes Gomes disse...

Cara Magna,

bom encontrá-la no nosso Brejo Santo, após essas cinzas das fogueiras! Espero que seu retorno tenha sido suficiente para matar a saudade dos seus!
Muito bom receber o seu abraço e poder estreitar ainda mais o nosso afeto pela palavra!
Que as impressões de seu regresso repercutam no Sementeiras!
Abraços.

Josias de Paula Jr. disse...

Ainda não voltaste? E ficamos nós a esperar por novas semesntes...