sábado, 22 de agosto de 2009

O MENINO GOLFINHO E O OLHO D'ÁGUA*

O menino golfinho
Dá cambalhotas no escuro
Sustenta o suspiro
Afunda melhor
Sobe de um fôlego só
Escorrega no abismo
E pra ser seguro
Solto
E passarinho
Lembra da fonte de nuvem
Que brota no chão
No fundo do chão...
Das águas.

Magna Santos

*A foto "O menino golfinho" é mais uma obra de Pachelly Jamacaru, o qual gentilmente autorizou a sua publicação. Foi tirada no Balneário do Caldas, situado na Serra do Araripe, em Barbalha-CE.

6 comentários:

Hérlon Fernandes Gomes disse...

Casamento perfeito de imagem e poesia!
:)

Eduardo Trindade disse...

Fiquei com vontade de mergulhar assim, inocentemente, infantilmente...

tesco disse...

Seja qual for o meio - terra, água ou ar - há que se ter plena confiança no que se faz. O homem é um ser multimídiático, até no fogo ele entra (com veste apropriada, claro), ao contrário dos animais. E criança tem uma confiança ilimitada! Por isso que alguns adultos podem ser golfinhos: Quando crianças eram meninos golfinho. _Beijos.

Pachelly Jamacaru disse...

O pesssoal está mergulhando nas suas inspirações, magnas!
Abraços Magna!

Inglês Rápido e Descomplicado disse...

Poxa, e o lugar perfeito, heim? Caldas! ; )

Magna Santos disse...

Hérlon, Eduardo e Tesco, eu me esforço para ser golfinho todo ano.
Quem conhece o Caldas, como o Pachelly, Hérlon e Cynthia sabem do que estou falando. O lugar é abençoado!
Essas águas são maravilhosas!
Leveza de repente é isto...ganhar asas aquáticas, virar passarinho em plena água, como os golfinhos são nos céus.
Beijos.
Magna